*Caiado parabeniza Instituto de Neurologia por 44 anos de excelência: “É uma verdadeira escola médica”*

_Em meio a colegas de profissão, governador destacou as ações da sua gestão na área da Saúde e mencionou a visita que fez à Policlínica na cidade de Posse_

O governador Ronaldo Caiado encerrou sua extensa agenda desta sexta-feira (29/11) marcando presença na celebração dos 44 anos do Instituto de Neurologia de Goiânia. Caiado prestou tributo especialmente aos servidores que, ao longo de quase quatro décadas e meia, alicerçaram o Instituto que, na avaliação do governador, é uma referência para a Medicina brasileira. “O Instituto de Neurologia de Goiânia uma verdadeira escola médica”, enfatizou.

Para o diretor executivo do hospital, Rodrigo Hernandez, contar com o reconhecimento de Caiado agrega ainda mais prestígio à história do hospital, construída e consolidada graças a todos os servidores que fizeram parte desta trajetória. “Para o futuro, os desafios sempre existem. Queremos cada vez mais nos qualificar e entregar o melhor que há em serviços de saúde para a sociedade”, afirmou.

O governador de Goiás atribuiu a longevidade da unidade ao padrão de excelência do corpo médico e servidores técnicos. Lembrou que a população é cada vez mais exigente com o tratamento médico, e o hospital não se acomodou, criando uma cultura de estímulo à constante capacitação. “Você vê jovens médicos evoluindo, redigindo trabalhos, fazendo revisões bibliográficas, apresentando técnicas novas, sugerindo modificações em várias cirurgias ou tratamentos conservadores”, elencou.

Em meio a colegas de profissão, Caiado não deixou de mencionar a visita que fez, mais cedo, à primeira das 17 Policlínicas que vai construir, localizada na cidade de Posse. “Lá teremos 15 médicos especialistas com toda a estrutura montada, ressonância magnética, toda a aparelhagem de Raio-X digital, todos os exames na área da cardiologia, oftalmologia, pediatria e cirurgias de um dia, levando dignidade ao povo goiano, que às vezes precisa andar 800 quilômetros para ter um leito de UTI e também 600 quilômetros para fazer uma hemodiálise”, pontuou.

O governador reiterou que tem como maior compromisso recuperar o atendimento médico pelo Estado. “Me preocupo, como governador, por não ter nenhuma outra estrutura hospitalar pública no interior do Estado de Goiás para poder socorrer 7 milhões de goianos.”

A despeito das dificuldades enfrentadas, Caiado tem recorrido a medidas de austeridade para garantir economia e boa aplicação dos recursos púbicos. “Depois que renovamos os contratos com as OS’s, restaram ao Estado de Goiás R$ 10 milhões por mês”, afirmou Caiado, deixando a todos uma mensagem de otimismo. “Vocês podem saber que será uma nova realidade.”

A celebração contou ainda com as presenças do diretor técnico do Instituto, Sandoval Carneiro; dos diretores da Unimed, Breno de Faria e Sérgio Baiocchi; e o presidente da Associação dos Hospitais Particulares de Alta Complexidade do Estado de Goiás, Haikal Helou.

*Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás*

*Fotos: Vinícius Schmidt*

8eae14ef-033d-42e4-873c-498b88bef183a92d9772-60e3-4de2-a7bc-c05fa6eb3acac9dc8a23-f753-4671-ab05-c8f8d447f5c0de36e023-6607-4237-95d5-03839a649366