O ING tem uma longa história de comprometimento com o tratamento das epilepsias. Com um programa multidisciplinar instituído em 1986, já realizou mais de 2500 cirurgias, possivelmente a maior experiência acumulada da América do Sul.

Temos acompanhado as inovações, oferecendo os tratamentos mais modernos, tanto medicamentoso, como cirúrgico, incluindo implantes de estimulador do nervo vago e as novas técnicas cirúrgicas minimamente invasivas baseadas em estereoeletroencefalografia.

A epileptologia tem avançado a passos largos, e a equipe mantém-se atualizada com os progressos envolvendo os aspectos genéticos, inflamatórios, farmacológicos e psico-sociais das epilepsias.

O ING orgulha-se de ter levado a cura a muitas centenas de pacientes e continua engajado nas campanhas de conscientização sobre a epilepsia.